Conheça o CD Volume 5 da Banda La Carne!

  • Por Jefferson Tichovitz
  • 28 de junho de 2016

“Eu tava aqui escutando um Zeppelin… eu tava me sentindo um idiota…”

É assim que eu costumo errar a letra do som novo do La Carne, gravado em meados do ano passado. Os figuras carimbadas de Osasco:  Linari (vox), Jorge (guitar), Carlinhos (bass) e (bateria) costumam marcar presença entre os shows aqui da região do ABC por identificação com a galera daqui e porque os tios não dormem no ponto. Onde tiver gente rockeira, os caras tratam de aparecer!

Já com um bom tempo de estrada (mais de dez anos, com certeza), este é o quinto disco deste peculiar quarteto de amigos (como se ninguém tivesse lido o título do post?! Rsrsrsrsrsrs) Volume 5 é, como tradicionalmente, um disco com groove, linhas de baixo hipnotizantes, batera vibrante, linhas de guitarra que conseguem ser pesadíssimas e sem um pingo de distorção ou efeito. Sr. Jorge consegue uma sonoridade única de sua telecaster completada pelas poesias e brados de Marcos Linari, o cantor.

lc

Virei fã da La Carne na primeira vez que ouvi, e virei amigo dos caras mais ou menos no décimo show que apareci… rsrsrsrsrs. Aí toda vez é muito bacana. Sempre com muita história da estrada e da vida pra contar, um brinde ao rock mais polivalente e esquizofrênico!!!

O show é uma experiência à parte, hipnose e catarse ao mesmo tempo. O tempo passa diferente quando esses loco pegam nos instrumentos, e o Linari tem muito a manha de trocar uma idéia com o público e fazer a gente se sentir em casa.

O “Volume 5” tem essas faixas aqui no destaque:

Água Pesada:: é aquela que eu sempre erro a letra “Eu tava aqui escrevendo um Setlist, eu tava me sentindo um idiota… Uma ansiedade demencial, colegial…” linhas de guitarra lindas, baixo e batera vibrantes e essa letra, eim?! (o título remete a uma outra banda que um dia eu resenho nessa coluna também) Escuta lá e exploda a sua cabeça!!!

Vicissitudes:: quase um blues, com um intermezzo cheio de nuances e texturas. A letra é quase uma consulta no psicólogo, sessão de terapia musicada. Os contratempos falam também no seu cerebelo. O La Carne tem essa mágica, confira…

Página Pra Ser Virada:: ainda faço uma versãozinha dessa ae num de meus projetos. Isso é peso, brotha! Côros vigorosos, linhas de virar a cabeça, meio punk, meio clássico, cheio de contundência, cortância e “palavras pontiagudas”, como eles mesmos já disseram um dia “Encho a boca de marimbondo sempre que vou cantar…” Se você detesta o lugar comum, e costuma morrer de tédio com o Coldplay, então escuta essa… rs

www.lacarne.com.br

facebook.com/lacarnefanpage

soundcloud.com/lacarne

youtube.com/watch?v=yXWlTIqvd6M

Anterior «
Próximo »

Deixe seu comentário

Papo Rock! – Mais Recentes

Arquivos